fundo parallax

CADA DIA

DEVERIA
31 de dezembro de 2016
A SOBRA EM MIM
5 de Janeiro de 2017
Vizualizar imagem da Ideia

Se eu tocar de perto o fogo,
Se tentar fugir em uma estação que se acaba,
Tudo me carrega para você,
Como se tudo o que existe,
Aromas, Sons, luzes, metais,
Fossem pequenos barcos a vela
Em busca de ilhas que esperam por mim

Se de repente você me esquece
Se você acha isso longo e louco,
Não se esqueça
De que o vento rasgou as bandeiras
Que passaram pela minha vida,
E lembrar que naquele dia, naquela hora,
Levantei meus braços e revivi minhas dores
Traz á tona o que não aprendi

Mas se a cada dia, cada hora
uma lágrima cai até seus lábios para me procurar,
E em mim todo aquele fogo é repetido,
Isso porque em mim nada é extinto ou esquecido,
Meu amor se alimenta desse amor, mesmo invisível,
E enquanto você viver, estará segura
Sem deixar de habitar esses pensamentos
Todos cheios de nós


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *